quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Eu me preocupo com coisas que, infelizmente...

E por falar em insanidade, momentos de loucura e de falta de inteligência, quero refletir um pouco sobre nossos jovens, inclusive eu, da ínfima preocupação com a realidade humana.

Estive dentro de faculdade por 10 anos como estudante, participei de inúmeros protestos. Sabem o que mais se via e se vê? Jovens ali pela simples diversão e anarquia, dando gargalhadas enquanto participam de passeatas ou outros tipos de manifestações, não sabendo bem ao certo o porquê de estarem ali.

Na verdade na verdade, ninguém quer levantar a bunda da cadeira pra se indispor fora de seu mundinho com coisas realmente sérias, quer?

Minha resposta a essa última pergunta:
Jovens sem consciência, preocupados com peitos, bundas, bebidas e libertinagem. E isso é no Brasil inteiro. Jovens sem consciência política, alienados e entrincheirados a aceitar tudo e, pois, inconscientemente formados, para quando tentarei se manifestar, o fazerem ao calor das emoções, de forma equivocada e baderneira, perdendo a razão e o mérito da indignação... Desta forma!? Desta forma não... Nossa liberdade de expressão e de ação nos concedem ações inteligentes e pacíficas. Inteligência nós temos, só que estão adormecidas por um coma profundo. E o como sair desse coma, sair desse mundinho alienado! É o grande X da questão.

terça-feira, 29 de março de 2011

“Quer ser feliz um dia… Vingue! Quer ser feliz a vida toda… Perdoe”


Vingança é para a alma o que as piores drogas são para nosso corpo. Tem, pois, o mesmo efeito, te dando o prazer e a felicidade inalcansável para aquele momento. Ao menos essa mísera felicidade que podes conhecer e achar que nela há verdade. Há sim, para o corpo. Ahhhh meus amigos!!! E como há! Porém, quando tudo acaba, e acaba, tão rápido que as vezes nem espera você acordar acabado no seu possível próximo dia, te resta, na melhor das hipóteses, um grande vazio inexplicável que rapidamente se converte em uma tristeza profunda seguinda de uma depressão que só outra dose... daquela dose... é que por alguns instantes você volta a ser aquele feliz hipócreta de meio segundo. Assim é aquela cheirada, aquela fumada, aquele porre, aquela trepada, assim é a vingança...

O perdão por outro lado é causador de felicidade para a alma. Perdoe! Isso não significa aceitar os erros, mas sim as diferenças de seu próximo que atentou contra ti. Isso não significa que terás que conviver novamente com aquela pessoa mas, você estará dizendo a ela: ide em paz, pois, estou em paz aqui comigo mesmo.

Seja feliz por toda a vida, Perdoe!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Poema DA MENTE

Há um presidente que mente,
Mente de corpo e alma, completa/mente.
E mente de maneira tão pungente
Que a gente acha que ele, mente sincera/mente,
Mais que mente, sobretudo, impune/mente...

Indecente/mente.
E mente tão nacional/mente,
Que acha que mentindo história afora,
Vai nos enganar eterna/mente.

Affonso Romano de Sant`Anna 


ACORDA BRASIL, ENQUANTO É TEMPO, E REAJA.


quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

O mau do analfabetismo tecnológico


O e-mail é uma tecnologia criada pelos norte-americanos. Sua finalidade era a troca de mensagens entre organizações militares. Dada a evolução dessa ideia, temos hoje, uma nova realidade na comunicação, favorecida pela revolução informática que possibilitam, cada vez mais, a interatividade entre os indivíduos. Essa interação frenética vislumbrada pela sociedade do século XXI, pela própria natureza humana, se tornou ferramenta de transgressão. Oportunidade maléfica que, em muito, está se valendo de uma integração sócio/digital a toque de caixa sem formação e informação técnica agregada.
Aproveitando-se do fato, uma comunidade inescrupulosa espalhada pela rede, vem criando ferramentas que usam da ingenuidade, muita das vezes sentimental para, ludibriar, espionar, investigar, fraudar, invadir a privacidade e a propriedade de cidadãos pelo mundo a fora.
Chamados vulgarmente de vírus, essas ferramentas maliciosas são códigos de computador que têm a capacidade de se infiltrarem em suas mensagens de email e agirem silenciosamente dentro dos computadores de cada um de nós usuários virtuais.
Em algumas dessas invasões, o objetivo é puramente anarquista, eles vem para atrapalhar sua vida, destruindo tudo que existe de importante em seu computador. Porém, tem crescido assustadoramente a disseminação de ferramentas cuja capacidade é registrar tudo que o usuário faz em seu computador. Essas ferramentas gatunas conseguem capturar tudo o que o usuário digita em seu teclado, tiram fotos da tela do usuário e vasculham arquivos que possam conter senhas importantes da vítima e enviam ao seu senhor proprietário ladrão.
Uma verdadeira devassa na vida do usuário que pode, em muito, ser evitada com poucas informações que o usuário se prontificar a buscar. Não abrir emails que afirmam possuir uma foto comprometedora do seu final de semana, ou ainda, que tal email jura que você está sendo traído e a foto que está em anexo prova isso, são situações desacreditadas que um simples telefonema para esse remetente, se for o caso, poderia evitar danos maiores, até mesmo em sua conta bancária.
O desconhecimento técnico e sentimentalismo alucinante vivido na internet, principalmente no Brasil, são os maiores responsáveis pelo tema. Só com o tempo e educação tecnológica é que esses problemas poderão ser minimizados nessa nossa sociedade que, um dia, será chamada a civilização pré-histórica da informação.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Criei??? Então tá então!

Olá!!! Já a muito tempo, tenho a intenção de criar um espaço na net onde possa me apresentar, publicar minhas pesquisas, montar um histórico de portefólio profissional, e deixar aqui ainda, reflexões e dicas a cerca de nosso mundo de informática. Obrigado pela visita.